A SUFICIÊNCIA DA ESCRITURA

Muitos cristãos alegam afirmar a suficiência da Escritura, mas seu real pensamento e
prática negam-na. A doutrina afirma que a Bíblia contém informação suficiente para
alguém, não somente para encontrar a salvação em Cristo, mas para, subseqüentemente,
receber instrução e direção em todo aspecto da vida e pensamento, seja por declarações
explícitas da Escritura, ou por inferências dela necessariamente retiradas.
A Bíblia contém tudo que é necessário para construir uma cosmovisão cristã
compreensiva que nos capacite a ter uma verdadeira visão da realidade. A Escritura
nos transmite, não somente a vontade de Deus em assuntos gerais da fé e conduta
cristãs, mas, ao aplicar preceitos bíblicos, podemos também conhecer sua vontade em
nossas decisões específicas e pessoais. Tudo que precisamos saber como cristãos é
encontrado na Bíblia, seja no âmbito familiar, do trabalho ou da igreja.
Paulo escreve que a Escritura não é somente divina na origem, mas é também
abrangente no escopo:
“Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para
redargüir, para corrigir, para instruir em justiça. Para que o homem de Deus seja
perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra” (2 Timóteo 3.16-17).
A implicação necessária é que os meios de instrução extra-bíblicos, tais como visões e
profecias, são desnecessários, embora Deus possa ainda fornecê-los, quando for de seu
agrado.
Os problemas ocorrem quando os cristãos sustentam uma posição que equivale a negar
a suficiência da Escritura em fornecer abrangente instrução e direção. Alguns se
queixam que na Bíblia falta informação específica que alguém precisa para tomar decisões pessoais; entretanto, à luz das palavras de Paulo, deve-se entender que a falta
reside nesses indivíduos, e não no fato de que a Bíblia seja insuficiente.
Aqueles que negam a suficiência da Escritura carecem da informação de que
necessitam, por causa da sua imaturidade espiritual e negligência. A Bíblia é deveras
suficiente para dirigi-los, mas negligenciam o estudo dela. Alguns também exibem forte
rebelião e impiedade. Embora a Bíblia se dirija às suas situações, recusam-se a submeter
aos seus mandamentos e instruções. Ou, eles rejeitam aceitar o próprio método de
receber direção da Escritura juntamente, e exigem que Deus os dirija através de visões,
sonhos e profecias, quando ele lhes deu tudo de que necessitam, através da Bíblia.
Quando Deus não atende às suas demandas ilegítimas por direção extra-bíblica, alguns
decidem até mesmo procurá-la através de métodos proibidos, tais como astrologia,
adivinhação e outras práticas ocultas. A rebelião deles é tal que, se Deus não fornecer a
informação desejada nos moldes prescritos por eles, ficam determinados a obtê-la do
diabo.
O conhecimento da vontade de Deus não vem de orientação extra-bíblica, mas de uma
compreensão intelectual e de uma aplicação da Escritura. 16 O apóstolo Paulo escreve:
“E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela
renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa,
agradável, e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2).
A teologia cristã deve afirmar, sem reservas, a suficiência da Escritura como uma fonte
completa de informação, instrução e direção. A Bíblia contém toda a vontade divina,
incluindo a informação de que alguém precisa para salvação, desenvolvimento espiritual
e direção pessoal. Ela contém informação suficiente, de forma que, se alguém a obedece
completamente, estará cumprindo a vontade de Deus em cada detalhe da vida. Mas, ele
comete pecado à extensão em que falha em obedecer à Escritura. Embora nossa
obediência nunca alcance perfeição nesta vida, todavia, não há nenhuma informação
que precisemos para viver uma vida cristã perfeita, que já não esteja na Bíblia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: